Twitter icon
A energia da compaixão As quatro formas de compaixão Saiba mais...

A energia da compaixão

As quatro formas de compaixão

:: Sabedoria metafísica controversa ::

Publicado por ALMAS VELHAS em • Fonte: Kryon

Vamos falar sobre uma energia muito especial, sobre a compaixão. Compaixão é a mais alta forma da consciência humana. É maior que o amor. O amor manifesta a compaixão. Compaixão é a maturidade de amor. Gostaríamos introduzir a você as quatro formas da compaixão. E elas são diferentes daquilo que acredita. Para isso usamos o número 4 que vai substituir o número 3 e não apenas porque é o próximo número a seguir, mas também porque 4 representa a nova energia: equilíbrio, aliança com Gaia e retorno a sabedoria do passado.

Não é algo que deveria fazer. São coisas que vão acontecer com consciência mais alta. Há uma evolução natural em progresso que vai surgir como próximo passo para humanidade.

Deixe nos passar por alto o que está acontecendo no planeta atualmente. Falamos varias vezes da escuridão que se encontra na Terra no momento. Mencionamos a esperar a escuridão se manifestar por uma única razão: a luz está ganhando da escuridão. E sempre quando a luz se torna mais prevalecente a escuridão está entrando cada vez mais no modo de sobrevivência. E ela vai se mostrar com objetivo que sabe fazer melhor: assustar você.

Consciência elevada cria paz mundial

Quando a energia escura começa a diminuir e a luz toma o seu espaço, a consciência elevada começa a criar paz mundial. Você acorda um dia e realiza que não houve mais guerras há décadas. Isso não é tão difícil. Tem a ver com tolerância e compreensão. Isso é algo intuitivo para alta consciência. Paz ocorre por si mesmo com maturidade espiritual e com evolução de pensamento. Gostaríamos de compartilhar quatro atributos da alta consciência numa escala de alto para baixo.

Compaixão por si mesmo

A primeira compaixão é para si mesmo. É a compaixão de Deus em você. Isso que muda quem é você. Compaixão por si mesmo é algo que as pessoas vêm como Deus dentro de você. Já ouviu antes que tem que começar com você? Você não pode espalhar a compaixão ao seu redor e enviar pro outros lugares antes que haja compaixão por si mesmo.

Isso pode aparecer um conceito estranho. Compaixão não é ego. Compaixão é a mais alta energia possível manifestada por amor. Esse é atributo dos mestres que andavam na Terra. Você a viu quando eles choravam na sua frente. Eles tinham compaixão para aquilo que houve dentro deles, o amor de Deus.

Quando a consciência de torna mais elevada, quando você eleva o nível da eficiência de DNA, toda a compaixão vai aumentar. Compaixão elevada até resolve problemas insolúveis. Compaixão por si mesmo causa cura por dentro. Não há maior energia para cura que a de compaixão. Quando você tem compaixão por próprio corpo, quando vê as células do corpo da maneira como Deus as vê. Sabia que a consciência tem o poder de curar doença, a sua doença? A expetativa da vida pode triplicar com consciência compassiva. Por isso tem que começar por si mesmo.

Compaixão por ancestrais

Antes que a humanidade mudou para pensamento moderno houve um respeito aos ancestrais. Quanto você pensa em ancestrais hoje em dia? Caso você é de origem indígena lendo isso, pode pular esse parágrafo porque sabe exatamente do que estaremos falando aqui.

Povos indígenas entendem quem são os ancestrais. Nós falamos repetidamente que você é o seu próprio ancestral. Se você tem compaixão por ancestrais, a quem você se refere? Está honrando as suas próprias vidas. Aqueles, que estavam vivendo aqui antes, os que iniciaram o padrão de compaixão e amor e carregavam dentro de si a sabedoria da Terra, era você. E na cultura que chamamos de moderna nem se pensa nisso. Nas religiões organizadas onde encontra Deus, religiões com belos atributos espirituais não se menciona os ancestrais. Fala-se sobre mestres, profetas e santos, mas não se fala sobre ancestrais.

Está na hora de ter compaixão por ancestrais. Comece a incluí-los nas suas meditações. Os indigenas nas suas orações honram os ancestrais primeiro. A humanidade vai começar a recuperar essa sabedoria. Isso vai acontecer naturalmente. Uma consciência mais elevada vai empurrar você a fazer coisas que importam. Na ordem da importância a segunda compaixão é dedicada aos ancestrais. É semelhante a primeira que era compaixão a si mesmo. A compaixão por ancestais é honrar a si mesmo novamente.

Compaixão por humanidade

O Deus em você saúda o Deus em outros - o namastê. Os mestres que andavam a Terra eram compassivos com outras pessoas. Eles se importavam com cada um que se aproximava deles. Amavam seres humanos com grande compaixão. E quando viram outros em apuros, eles choravam. Os mestres não precisavam sentir a dor dos outros, mas eles tinham compaixão por eles.

Quando pessoas vão começar ser mais compassivas umas com as outras, não pode haver guerra. Essa é a consciência elevada. A terceira é a compaixão por seres humanos. Isso até parece ser um teste, certo? Porque você não quer ter necessariamente compaixão por tudo mundo, vamos ser honestos. Querido ser humano eu (Kryon) sei quem é você, eu conheço a natureza humana. Na energia velha é difícil de amar tudo mundo. Os que estão ainda em sua consciência na velha energia estão difíceis a amar. Você não vê a redenção neles, não vê que algo melhora neles ao longo de tempos. Você os vê mergulhar em drama humano, são difíceis de amar. É fácil de ter compaixão para aqueles que também são compassivos. É difícil de amar um valentão, um político que você não goste ou alguém que está na prisão por matar uma outra pessoa. Mas todos eles têm alma. Essa vez na vida deles estão em apuros. Você consegue ver Deus neles? ...isso é compaixão.

Compaixão por Gaia

A última compaixão foi também perdida na civilização moderna é a compaixão por Gaia. Há uma personalidade envolvendo a Gaia, a Pachamama. Ela é a mãe. Os indígenas conheciam a energia da Gaia. Eles a vêm como uma parceira da consciência humana. Não se pode separar a energia da Gaia da consciência humana. Gaia alimenta você. A mãe Terra da oxigênio. Você vive acima da superfície dela. Ela é parte da consciência da humanidade.

Nesse momento a Gaia está em luta junto com você contra a escuridão. E a baixa consciência da humanidade está combatendo a luz. Gaia está com você nesse combate a favor da luz. E você vai ganhar. Quantos dos trabalhadores de luz vão desistir? A escuridão espera que todos desistam.

Compaixão por Gaia é compaixão por si mesmo. É um círculo, queridos. Tudo que mencionamos retorna a si mesmo. Ame os outros como a si mesmo, trate outros como trata a si mesmo. Isso soa familiar? São instruções compassivas dos mestres. Representam um novo ser humano, um novo tipo de equilíbrio no planeta. Está na hora de incluir os ancestrais e a Gaia e não apenas outros seres humanos.

É um novo equilíbrio, um equilíbrio compassivo. Indo à direção do número "4". O "quatro" representa uma estrutura que a humanidade não tinha antes. E nela o planeta está incluído. É senso comum espiritual e a revelação da verdade. Esse é o futuro.

Retorno à Gaia
Retorno à sabedoria dos indígenas, onde Gaia possui um rosto e uma personalidade. Permita-se receber a aliança com Gaia, que existe para você, e aprofunde a sua conexão com o planeta.
Kryon

Por que tudo isso importa? Por que falamos de um futuro que talvez você nem verá. E a resposta é: você vai ver esse futuro. Plantamos sementes hoje. Queridos, não importa a sua idade no momento que lê estas palavras. Virá um tempo que você passará pelo véu e será renascido nesse planeta e quando abre os seus olhos na nova energia, vai se lembrar quem você é. Terá uma consciência maior da luz, uma intuição para não cometer os mesmos erros novamente. A escuridão e a batalha terão terminado. E a próxima coisa que vai fazer é ajudar à humanidade a desenvolver as quatro compaixões. Por essa razão falamos sobre isso hoje.

Como saber dessas coisas? São potenciais da humanidade e mais do que isso. Nós já vimos este processo antes. Algumas das almas lendo isso eram parte desse processo nos outros planetas passando por transição de energia planetária. Gostaríamos que relembrasse se disso e que era vitorioso(a). Gostaria de lembrar-lhe que a escuridão é apenas temporária. Não se desespere. Quando a Terra passou o marcador de 2012 e reiniciou a mais alta consciência que o planeta já viu em todos os tempos.



Cena do filme Moana (2016) onde a corajosa princesa restaura o coração (pedra verde) da deusa Te Fiti. É um ato de coragem e compaixão de devolver o coração roubado. A deusa benevolente Te Fiti representa a Mãe Natureza, a Gaia, na América do Sul chamada também de Pachamama.


  Informação esotérica não é ciência

Origem de conhecimento
O artigo é livremente composto de diversas informações originalmente canalizadas por Kryon em centenas de eventos públicos e gravadas simultaneamente em áudio. As gravações estão disponíveis em português em: kryonportugues.com.br
A matéria apresentada está também disponível como canalização em áudio abaixo:
Fonte: Kryon
Lugar e data: Cali, Colômbia, 25 de outubro de 2014
Idioma: Português
Tradução: Gustavo Amorim
Titulo: Kryon em Cali