Twitter icon
Mudança do clima Qual é o significado? Saiba mais...

Mudança do clima - qual é o significado?

O ciclo climático de Gaia

:: Sabedoria metafísica controversa ::

Publicado por ALMAS VELHAS em • Fonte: Kryon

O que presenciamos hoje em dia referente ao clima foi chamado há anos de aquecimento global. E para os cientistas aquilo foi algo chocante porque para entender um quadro maior leva mais tempo do que uma vida humana. Mesmo em nosso tempo os cientistas não vêm aquilo como um ciclo. Mas quando eles vão começar a enxergar, teremos um reconhecimento sobre o porquê o planeta faz o que faz.

Mudanças do clima já ocorrem antes e estão ocorrendo novamente. Os ciclos eram conhecidos e realizados por Gaia muito antes a humanidade se tornou humanidade e a razão para isso não é algo obvio. Afinal a grande maioria da civilização mundial perdeu a conexão com a Mãe Natureza chamada de Gaia. Os indígenos do planeta sabiam sobre a inteligência dela, mas nós perdemos isso.

Mudança climática tem a ver com temperatura das águas e com tempo. A mudança é necessária para o próprio rejuvenescimento e revitalização da vida nos oceanos. Nós achamos talvez que o equilíbrio na natureza é algo imutável, mas as evidências mostram que os sistemas ecológicos degradam com tempo semelhante a um aquário.

Exemplo do aquário

Para entender melhor o que Gaia está fazendo pedimos que você visualize um aquário com diferentes peixes. Para manter o equilíbrio bioquímico o aquário precisa de uma série de filtros, produtos, acessórios como bombinha de ar, luz artificial, aquecimento de água, etc. Tudo isso é necessário e funciona muito bem por um longo tempo. Porém, depois de um certo período não importa o quanto você cuida da qualidade de água, o equilíbrio começa a degradar e a única coisa que pode salvar a vida dos peixes é uma completa troca de água. Somente com água fresca o aquário pode continuar.

O ciclo de água | O ciclo climático

A Gaia então não pode trocar as águas dos oceanos. A única maneira para revitalizar as águas é através de mudança de temperatura. A mudança aciona o ciclo de vida marítima. É o mecanismo como a vida nos oceanos se torna abundante novamente.

O ciclo de água é um dos mais importantes contribuintes de mudanças planetárias. O segundo mais importante é a atividade vulcânica e terceiro são impactos do espaço.

Há grandes e pequenos ciclos. Há alguns menores ciclos acontecendo entre os grandes. O último pequeno ciclo chamado também de pequena era glacial ocorreu entre seculo XIII e seculo XV, o qual a humanidade sobreviveu. Agora experimentamos inicio de um outro. Os cientistas não o chamavam de ciclo de resfriamento, eles o chamavam de aquecimento global por que ainda não entenderem o ciclo de água. A mini era glacial começa com elevação inicial de temperatura para mais tarde se equilibrar ao nível mais baixo.

Um leve aquecimento sempre precede o ciclo de resfriamento, por isso foi chamado de aquecimento global. Hoje, o que é chamado de mudança do clima, futuramente será chamado de ciclo climático.

Nenhum de nós verá o fim desse ciclo em nossas vidas porque é mais lento do que a expectativa de vida humana. Os ciclos curtos duram uns 150 anos, os longos na faixa de 400 anos.

O que dizem os núcleos de gelo?

Há aqueles que começam a entender que humanos não causaram a mudança climática. Não era a atividade humana que causou o clima mudar. Isso será evidente quando os cientistas começaram a focar mais em estudo dos tarolos ou núcleos de gelo.

Os núcleos de gelo são perfurados com brocas motorizadas. Eles podem atingir profundidades de 3,2 km e conter gelo até 800 mil anos.

O núcleo de gelo é uma amostra removida de uma camada de gelo ou uma geleira de montanha. O gelo se forma a partir do acúmulo incremental de camadas anuais de neve, as camadas inferiores são mais antigas. As propriedades físicas do gelo e do material preso nele são usadas para reconstruir as condições climáticas ao longo da faixa etária da amostra.

O gráfico abaixo mostra correlação entre mudanças de temperatura e conteúdo de gás estufa na atmosfera (aqui especificamente o gás carbônico - CO2) ao longo de 420,000 anos do passado terrestre. Os grandes picos representam os grandes ciclos de água (ciclos de gelo-degelo) que ocorrem a cada 100,000 anos. As pequenas variações representam as médias e pequenas eras glacial. O aumento de gás CO2 acompanha os ciclos climáticos (aumento e redução de temperatura). A existência de gás carbônico em níveis elevados na atmosfera é uma ocorrência natural. É um dos processos que Gaia usa a fim de acionar ciclos climáticos. Isso não é uma conclusão cientifica ainda.

A amostra de últimos 420.000 anos extraída do núcleo de gelo da estação Vostok

Resumindo os núcleos de gelo nos contam uma história de ciclos do clima terrestre até centenas de milhares de anos atrás. E a história nos diz que muito tempo antes que a humanidade apareceu, a Terra passou por vários ciclos de aquecimento e de resfriamento.

O ciclo de resfriamento causará uma série de mudanças tanto em microclima quanto em escala global. Nas regiões com clima temperado os invernos serão mais frios e mais longos. Onde nunca choveu, começará a chover e vice-versa. Os lugares mais quentes se tornaram mais quentes ainda e lugares frios mais frio. As mudanças microclimáticas podem ser dramáticas. Isso é a Terra se preparando para o ciclo.

Os incêndios florestais na Austrália

No que este artigo foi escrito queimaram enormes quantidades de florestas, quase 20 milhoes de hectares, mais que 6.000 constuções foram destruidas e estimado um bilhão de animais foram mortos. O que acontece na Australia faz parte da mudança climática, faz parte do ciclo. A mudança acontece globalmente e não podemos mudar isso. E nos anos a vir as queimadas vão se repetir.

A região que falamos é quente e antes que o resfriamento global ira entrar em vigor as areas que são quentes se tornaram mais quentes e locais frios se tornaram mais frios até um equilibrio se estabelece. Os Australianos são um povo resiliente e vão adatptar a se proteger e aprender a lidar com incêndios no futuro.

A mudança de consciência e descontaminação

Basicamente o planeta vai atravessar uma era de clima mais frio e não será perigoso. A vida humana não será terminada se soubermos o que fazer. A Gaia, a amante de humanidade, está realizando aquilo para revitalizar a vida nos oceanos.

E sim, a humanidade em baixa consciência poluiu de mais o solo, as águas e o ar, mas não causou o ciclo climático. Assim que a consciência humana se eleva, a ideia de poluição de modo como ocorreu até agora vai parar. O que é chamado de Grande Depósito de Lixo do Pacífico, será eliminado através de esforços internacionais e não-governamentais. Iniciativas ecológicas, uma atrás de outra, serão tomadas porque a consciência coletiva está pronta a apoiar.


  Informação esotérica não é ciência

Origem de conhecimento
O artigo é livremente composto de diversas informações originalmente canalizadas por Kryon em centenas de eventos públicos e gravadas simultaneamente em áudio. As gravações estão disponíveis em português em: kryonportugues.com.br