Twitter icon
O que é Akasha? A jornada da alma humana Saiba mais...

O que é akasha?

A jornada da alma humana

:: Sabedoria metafísica avançada e controversa ::

Publicado por ALMAS VELHAS em • Fonte: Kryon

O termo Akasha vem do Sânscrito e significa na cosmologia tradicional Indiana: espaço, éter ou céu.

Akasha | आकाश

Hoje vamos falar extensamente sobre akasha e jornada de alma humana. Vamos apresentar as complexidades do sistema como Kryon nos ensina. Além disso, gostaríamos de passar a você plena apreciação sobre quem é você.

Preparação para a jornada da alma

Cada alma faz a sua jornada pela primeira vez para esse planeta e uma vez que chegou, começa o ciclo de encarnações uma após a outra. Esse é o seu lar. Há aqueles que dizem: ocasionalmente há almas que vão para outros lugares na próxima expressão de vida e depois retornam. Isso é como eles percebem algo que não é verdadeiro, mas parece dessa maneira porque aquilo que as pessoas se lembram esotericamente não tem carimbo de data. As vezes pode ser algo que parece ter acontecido antem e, na verdade ocorreu três vidas atrás. Esse é modo como as coisas parecem e trabalham.

Mudança de gênero e planejamento de alma

Uma vez que sua alma chegou aqui, você se torna ser humano terrestre. Cada um que lê isso potencialmente esteve aqui múltiplas vezes. É como a Terra se fosse uma escola. A duração de vida, quantas vezes a alma esteve aqui, tudo isso é individual. Você encarna junto com outros durante muitas expressões de vida. E de repente muda de grupo e reencarna nele muitas outras vezes. Sempre há aquilo envolvido que é planejamento de alma. O planejamento respeita o ser humano. O sistema de mudança de gênero respeita aquilo que é confortável para você. E você seria por tantas vidas consecutivas uma mulher e mais tarde há mudança demorada e você será um homem. Esse sistema respeita você para que na próxima expressão de vida você ainda saiba quem é. A mudança de gênero não é instantanea e leva as vezes até três encarnações.

A humanidade terrestre equipada com semente divina é muito jovem. Nessa galáxia houve muitos outros planetas de livre arbítrio antes do nosso. Como almas nós eramos parte das outras constelações e cada uma tem o seu akasha planetar. O teste de energia que passamos aqui já ocorreu em outros planetas de livre arbítrio e isso deveria soar um pouco familar para você.

A primeira coisa que acontece com a energia divina chamada de alma, a qual está prestes a encarnar, é a implantação de camadas e mais camadas de memórias terrestres. Bem, você ira chamar isso de registro akáshico e o akasha iria representar experiências de vidas passadas. Camadas daquilo quem você é e elas serão implantadas num momento quântico chamado também de vento de nascimiento ou primeira respiração. O planejamento de alma e das almas associadas ocorre antes que encarna como ser humano no planeta.

Na Nova Energia, desde 2012, as almas podem reencarnar rapidamente, algo que antigamente levava muito tempo (tempo terrestre) até que pudessem voltar. As vezes retornam na mesma família como netos ou bisnetos. Mas quando você está no outro lado do véu, não há algo chamado de tempo. Não é possível determinar quanto tempo isso leva. Uns dizem que é apenas um instante e outros diriam que leva um século e os dois estariam certos. Isso depende de quem está observando o tempo.

Os dons das crianças

A preparação de alma acontece num paradigma sem tempo e está sempre completa. Habilidades, coisas que são interessantes para você, as preferências da sua consciência estão levadas em conta. E você pode reparar isso nas crianças atuais. Nenhuma criança está sendo nascida "em branco". Todas têm coisas e quando começam a desenvolver pode observar em quais coisas elas "grudam", onde estão os seus interesses. É diferente para cada criança e não é algo que aprendem na escola ou naquilo que estão expostas. De onde veio tudo isso? São energias que desfrutam da última vez que estiveram aqui. E algumas podem seguir aquilo ou podem analisar e dizer "não, para mim já deu", mas na primeira elas estão atraídas por aquilo. Isso está implantado e está lá para confortar o ser humano.

Assim as almas não precisam vir e começar do zero cada vez. Talvez você já tinha percebido que aqueles que trazem artes, música, poesia, composição e talentos, às vezes, querem apenas continuar o que estavam fazendo na vida passada. Certos atributos que o espírito das crianças apresenta, podem ser até angelicais. Criatividade, será algo que se apresenta primeiro.

Relacionamento de ser humano com Gaia

Gaia é uma energia do planeta Terra. Gaia é senciente e tem algo que chamaríamos de consciência inteligente. Ela é capaz de falar e conversar. Gaia se comunica em tantas formas. E se você perguntasse o que foi o akasha de Gaia? A resposta seria: a força vital do planeta. Então o termo akasha está sendo usado num modo maior, mas nós vamos falar sobre akasha do ser humano em relação à Gaia, sobre a cooperação de Gaia. Tudo que está no planeta gira em volta de ser humano.

Há um sistema implantado que monitora quem está aqui. E talvez você acha até que Deus não possa ser parte desse sistema, e você estaria certo, mas Gaia é. Cada alma humana que vem para esse planeta faz a diferença. Ela tem uma energia única e cria um registro.

Dentro da Terra existe uma caverna interdimensional e invisível que tem atributos tridimensionais. A caverna de criação é o primeiro lugar que a alma visita querendo se tornar um ser humano. Quando a alma deixa o planeta esse é o último lugar que ela vista antes de ir ao lar. Essa realidade é conhecida por todas as almas quando não estão encarnadas. Caverna de criação é um depósito de registro para humanidade. Todas as vidas que a humanidade viveu estão lá. Cada alma na caverna é única. Quando você deixa o planeta e vai para ouro lado do véu o seu nome angelical está sendo registrado como faixa numa estrutura cristalina. Este cristal metafórico é aquilo que se lembra da vibração de quem você era encarnado no humanismo. E quando retorna ao planeta pouco antes a ser nascido você visita a caverna de criação e uma nova faixa está sendo adicionada ao cristal. É a mesma alma gerando faixa N° 2. Por isso existe uma estrutura cristalina por cada alma e não por cada expressão de vida. Algumas das almas têm até mil faixas, são as almas velhas.

A caverna de criação é um registro que pertence à Gaia de quem está e quem esteve aqui. Eis o registro akashico estático. Isso quer dizer que não existe uma situação em qual outros cristais estão sendo adicionados ou removidos da caverna. Há uma estrutura cristalina para cada ser humano em potencial quem vai viver na Terra. A caverna é predisposta em modo quântico a ser completa a cada momento. E há um outro registro akashico que é dinâmico e ele está dentro do seu DNA.

Há memorias no akasha e muitas delas dependem de energia de Gaia a fim de poder lembrá-las, em outras palavras, elas não vão aparacer em sua vida a menos que haja aliança com Gaia. Pode perguntar um indígena como Gaia trabalha com a alma humana. E eles vão responder que isso faz parte da sua cosmologia. Precisa haver uma conexão com a Terra a fim que você entenda a sabedoria dos ancestrais. E se você não tem esse tipo de conexão que também não faz parte do nosso sistema de crença, então há muita coisa faltando. O que acontece quando você tem ancestrais e eles querem falar contigo? Qual é o veículo? O mecanismo está em Gaia. Eles se comunicam através de Gaia. Há milhares de anos que indígenas nos contam isso. E a maioria da nossa civilização apenas ignora aquilo. E se você pede a opinião de um abraçador de árvores que talvez não está associado a nenhum sistema espiritual com exceção de Gaia. Ele vai responder; a Terra é tudo, ela fala comigo, ela me chama e me alimenta, ela canta para mim. A aliança com o planeta está implantada potencialmente em cada ser humano.

Lembranças emergentes

Há memorias no akasha daquilo que você experimentou as quais se sobressaem. Há coisas que você realizou e há grande beleza nisso, mas às vezes também houve morte. Isso quer dizer que as coisas belas em nosso akasha são possíveis a ser lembradas. E você se pergunta por que eu tenho que ir aos leitores akashicos (terapeuta akashico) para dispensar as lembranças ruins como afogamentos e assassinatos que estão me perseguindo noite após noite? E a resposta é que na baixa energia planetária (energia velha) a sua consciência vibra no mesmo nível de energias baixas da memória akashica. Para lembrar e integrar as memórias de alta consciência a nossa consciência tem que estar no nível elevado.

Consciência humana não está limitada ao cérebro sináptico, ela está em cada célula. As mais belas lembranças de uma mulher é ver nos olhos do seu recém-nascido pela primeira vez ou talvez a euforia de um romance. Todas essas coisas estão no akasha. Sentir-se bem é algo muito, muito espiritual, é algo abençoado. Por que não lembra dessas coisas? E a resposta é: porque você escolheu a consciência mais baixa. As almas velhas estão aprendendo como "minerar" o akasha, como se lembrar das coisas boas e suprimir as escuras. O akasha pertence a você e você tem poder sobre ele. Essa é uma experiência de aprendizagem de alta consciência. Você vem equipado com toda essa informação. Toda a sabedoria está ali. É o próprio ser humano através do seu livre arbítrio que seleciona pela sua energia as lembranças guardadas. Um ser humano em baixa consciência limita as memorias akashicas de baixa energia.

Feito à sua imagem

As nossas escrituras espirituais aludiram a um dizer: homem é feito à imagem e semelhança de Deus. Acreditamos em Deus do qual atribuímos a semelhança, mesmo o gênero dele, porque tudo em nossa consciência da velha energia precisava ter um gênero.

Feito à sua imagem é uma metáfora que quer dizer: você é feito em amor, você é parte daquilo que é Deus. A sua alma está conectada à Fonte Criativa. E quando você começa a esticar os braços, através do seu eu superior, a direção a Deus e se pergunta: quanto disso eu possa puxar ao meu veículo corpóreo? O seu eu superior vai sorrir a você e dirá: já pensei que nunca iria perguntar. E cada célula do seu corpo será preenchida com alta energia e vai reconhecer saúde, bem-estar, felicidade, coerência em coração, todas as coisas que são divinas, absorvendo aquilo que sempre era você, eis a beleza. Assim que você se torna quem é de verdade.

Sobreposições de alma

Sobreposição :: Carma

Você como alma nem chegou ao planeta e a vida em potencial está começando a demonstrar traços de realidade futura. Esse design é da sua alma. O design contém todas as coisas necessárias das vidas passadas em humanismo. Uma das sobreposições que existe você chama de carma. Carma é definido como negócios inacabados. Coisas que aconteceram na vida passada que precisam ser finalizadas ou então em algumas culturas coisas que precisam ser feitas com você a serem finalizadas. De qualquer modo há uma sobreposição de carma a qual você pode sentir, assim que vem ao planeta. Há algo que supostamente precisa fazer, algo que precisa concluir. Frequentemente isso vai cair sobre você totalmente a parte de qualquer outra lembrança akashica. Eis o carma.

Quando Kryon chegou à Terra em 1989, a primeira coisa que pediu ao seu parceiro, Lee Carroll, era para dispensar o carma. Kryon ensinava que uma nova dispensação de energia está a vir e nela o carma não seria mais suportado. Era algo que precisava ser eliminado para poder prosseguir. Lee, o canalizador, mesmo não entendia aquilo porque não acreditava em carma. Por isso foi mais fácil para ele dispensá-lo. Isso pode ser muito mais difícil para aqueles que foram ensinados que na vida carma é tudo.

Carma era um mecanismo de energia nos velhos tempos. Na nova energia ele fica bloqueando o caminho da alma velha. E talvez há aqueles que leem essa matéria e dizem: isso ou aquilo é o meu carma e é o que devo fazer, mas Kryon nos ensina: carma não faz parte da sua vida. Pode dispensar todo o carma porque é um velho sistema. Você não o precisa. Há outras coisas no momento que necessita muito mais. Há um dispertar ocorrendo a fim de um propósito maior e carma não é propósito maior. No passado serviu muito bem. Carma foi necessário e correto e agora não é mais.

Sobreposição :: Contrato

O contrato como ele é descrito frequentemente é algo que as pessoas sentem, algo que elas precisam realizar em suas vidas. Elas dizem: eu cheguei para o planeta a fim de construir um centro de cura ou para escrever livros; cheguei com os meus talentos a fim de somar algo para isso ou aquilo, ou deixar algo acontecer, eu posso sentir isso. E isso tudo está correto.

Mas o termo contrato é uma expressão má porque contrato em nossa cultura é um acordo vinculativo. É algo que você tem que realizar porque está comprometido com o seu objetivo. Gostaríamos perguntar você: como isso combina com livre arbítrio? E a resposta é que não combina. Contrato é algo que ocorre enquanto você está caminhando na Terra e ele está escrito com tinta invisível. Você pode o reescrever a cada momento que deseja baseado nas coisas que descobre ou até em função de elevação da sua consciência da qual poderia fazer parte.

Contrato é algo que é um início, um ponto de partida no máximo. Não é algo que prende você por vida inteira a qualquer custo. Há tantos trabalhadores de luz que têm oportunidades de avançar para algo mais elevado e eles param no meio do caminho dizendo: ...sim, mas isso era o meu contrato. Contrato é um marcador inicial que ajuda você determinar a direção porque esse caminho vai levar você a algo que é bom e vai ajudar achar outros que têm ideias semelhantes. Alma velha, você tem livre arbítrio, livre escolha a ir em direção de alta consciência. Você tem livre arbítrio a mudar de ideia do que o planeta necessita. Não precisa ser um escravo de algo que sentiu que era necessário na energia mais velha. Aquilo que sentiu que era você pode ser redefinido completamente por você mesmo.

Sobreposição :: Vento de nascimento

Imagine você está no outro lado do véu e aparentemente há um vento soprando. É uma metáfora. Esse vento leva a alma que é você a direção do planeta. E você começa a sentir toda a energia que está lá.

Agora a complexidade começa. Você encarna de propósito com certos atributos em grupos com pessoas que você diria: eu nunca teria escolhido aquilo voluntariamente, mas era você que escolheu. Isso é complicado. Para o bem maior da sua consciência e de outros você encarna às vezes como instrutor ou como aluno. Às vezes você encarna a fim de lições profundas destinadas para os outros. Vamos dar uns exemplos para ilustrar o que possa ser isso. E pense nisso que não está sozinho no vento de nascimento.

Quantas almas nascem num único dia no mundo? A estatística diz que em quando este artigo está sendo escrito são 360,000 crianças a cada dia. Pegue esse número e imagine que nesse dia vocês estão todos juntos no vento de nascimento. Vamos dizer que uma área de um estádio está cheia de almas. E vocês todos conhecem uns, a outros e a magnificência dessa reunião é que vocês sabem aonde vão e o que farão. Se isso fosse uma reunião terrestre haveria lágrimas porque haveria apreciação e alegria sobre aquilo que você está prestes a fazer.

E vocês observam como as almas se aproximam desse lugar chamado de vento de nascimento e haverá um corpo físico no outro lado do véu. E enquanto você os vê entrando um por um, dois por dois às vezes, você conhece as suas histórias, você sabe quem são porque no outro lado todas as coisas são conhecidas. Outras almas como você, algumas que você conhece estão lá voltando da Terra. Algumas almas você vai reconhecer porque eles estarão no seu grupo eventualmente, outras não e elas vão aos seus grupos.

Mas há uns propósitos e encarnações muito profundas que ocorrem de forma seguinte. É muito controverso e em consciência terrestre, se isso que vamos apresentar, fosse pedido, você nunca iria aprovar.

Abençoada seja a alma que decidiu a vir à Terra para viver por apenas três meses e retornar. Isso foi a escolha dessa alma a nascer e morrer logo depois porque houve algo a contar aos pais. E talvez houve uma ligação amorosa ou não, dependendo de como os pais escolherem ver o relacionamento. Uma alma que veio para vida dos pais a fim de fazer algo que parece ser extremamente doloroso a momento quando acontece, mas que faria toda a diferênça na vida deles.

Outra alma que veio para viver apenas até adolescência, uma outra, semelhante, que viveria só até idade de 24. E na altura e momento do vento de nascimiento devido do potencial que estava lá no campo quântico, a família e todos os envolvidos, sabiam que voltariam para plano de alma, com livre arbítrio, cometendo o que nós humanos chamamos de vergonha de suicídio. Essas almas entraram na vida com potencial de suicídio e não era uma vergonha. Era algo projetado a fim de dar empurrão na vida dos pais e fazer eles tomarem decisões as quais nunca tomariam de outro modo. Talvez era para coloca-los num lugar e posição onde procurariam por Deus. Isso é um sacrifício e não algo vergonhoso. Isso é algo belo.

Pense em alguém que iria passar por algo assim:

...isso irá mudar a vida dos meus pais e por um tempo será algo vergonhoso, mas viria um momento talvez em qual eles iriam celebrar a minha vida e agora eles são almas velhas que despertaram. Eles ajudam ao planeta e são como nunca eram antes. E isso é o meu propósito.

É um outro tipo de contrato. Ele poderia ser manifestado ou não dependendo daquilo que acontece quando chega no planeta depois do vento de nascimento. É algo que você às vezes cria escolhendo os pais.

Muitas almas nesse tempo de nova energia escolhem o mesmo DNA parental. Elas voltam em outra geração na mesma família. E isso significa que algumas mães e pais estão caladas de mais sobre aquilo que suspeitam: os seus pais são agora os netos. E quando são pequenos por vez enquanto eles mencionam algo e você sabe que é verdade porque eles dizem coisas que não deveriam saber.

Isso é, como profunda, é a diferença hoje, vindo ao planeta, e como era na dispensação de carma, onde houve um tipo de energia de completude, uma que empurrava você a uma reação.

Você vê outros entrando no vento de nascimento nas famílias que escolherem, culturas, grupos que escolheram. Você vê os poucos que escolherem de mudar de gênero nessa vida e eles sabem como será aquilo e será uma vida difícil por um tempo. Eles sabem o que isso significa porque passaram por isso antes. Todos nós passamos por isso.

Nessa nova energia desde 2012 a livraria que as almas trazem consigo ira começar a se manifestar. A livraria é uma metáfora para sabedoria espiritual que toda alma tem acesso no vento de nascimento. E há almas lá sorrindo agora "lendo essa mensagem" porque elas sabem de algo. E o que sabem é que quando chegarão ao planeta e começarão a crescer quase imediatamente vão lembrar de coisas porque a energia do planeta suportará a evolução em consciência. Algumas das crianças vão começar a andar muito cedo, algumas vão poder ler sem ser ensinadas. Alumas terão interesse em coisas metafísicas em vez de esperar até idade de 40.

Alma velha, a sua próxima expressão de vida será tão diferente. Você ira começar onde parou. Todos os erros que tinha cometido essa vez, não vão ocorrer mais com você porque vai se lembrar. Quando voltará jovem, fresco, sábio e pronto a enfrentar a vida será uma realidade muito diferente do que nessa encarnação. Agora você se sente cansada, alma velha, cansada de combater a velha energia por todos esses anos a poder chegar ao marcador de 2012.

O que você sabe, alma velha, é espetacular. E você será nascido, como nunca antes, em energia da nova consciência equipado com lembranças akashicas. Você ira diretamente àquilo que é compassivo e que faz sentido. Você vai epifanizar e definir a nova natureza humana. Isso quem você é.

Vento de nascimento é a situação onde as decisões estão sendo feitas sobre timing, grupos, gêneros e não em outro momento. A esse ponto todas as almas estão cientes que vão perder aquilo que é magnificência da sua memória e terão que vir à Terra e descobrir isso por si mesmo através de livre arbítrio.

A primeira respiração

Existe uma pergunta filosófica ou espiritual que todo o mundo já fez pelo menos uma vez na vida: a partir do qual momento um ser humano teve a sua alma? E a resposta não tem nada a ver com a biologia ou com aquilo como você define a vida.

É a primeira respiração que toma. Esse é o momento quando você se torna parte do planeta. Você inspira aquilo que Gaia lhe disponibilizou, o oxigênio, e agora está alinhado com a civilização. Isso que é o vento de nascimento e não a gravidez a qual é preparação do veículo biológico. A primeira respiração é quando você chega à Terra. Com a primeira respiração você está a caminho de ser um ser humano com alma divina.

Gostaríamos de enfatizar como magnificente você é. E cada um de vocês vindo ao planeta se pergunta: como isso tudo aconteceu, por que eu ou por que agora? E você começa a reconhecer e realizar em sua mente que há propósito em tudo.

Esperamos que com essa sabedoria a sua autoestima, alma velha, aumentou um pouquinho. Dentro de você há parte de Deus e esse fragmento é parte de tudo. Sabe como Deus vê você? Deus vê Deus, mais do que filhos de Deus, parte de Deus. Esse quem você é


  Informação esotérica não é ciência

Origem de conhecimento
O artigo é livremente composto de diversas informações originalmente canalizadas por Kryon em centenas de eventos públicos e gravadas simultaneamente em áudio. As gravações estão disponíveis em português em: kryonportugues.com.br
A matéria apresentada está também disponível como canalização nos 3 áudios abaixo:
Fonte: Kryon
Lugar e data: Sarasota / EUA, 18-19 de janeiro 2020
Idioma: Português
Tradução: Gustavo Amorim
 
N° 1 - Titulo: A Jornada da Alma Humana – Parte 1
N° 2 - Titulo: A Jornada da Alma Humana – Parte 2
N° 3 - Titulo: A Jornada da Alma Humana – Parte 2.5